Clínica de Cirurgia Plástica e Estética em Blumenau

Mamilo Invertido: entenda o que é e como corrigir

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Você conhece bem o seu corpo? Tem o hábito de se olhar no espelho e identificar possíveis mudanças? O mamilo invertido é definido com uma retração do órgão para dentro da mama e incomoda muitas mulheres. A principal causa é má formação congênita e em outras situações, são adquiridas em processos inflamatórios e, também, câncer.

O problema atinge cerca de 3% da população mundial, principalmente em mulheres, e em ambas as mamas. E embora não seja comum, homens também podem ter mamilos nessa situação. Algumas mulheres também têm medo que a amamentação seja um processo difícil, mas tudo dependerá do grau de inversão. Existem três graus:

1.º A pessoa pode retirar o mamilo e, mesmo assim, manter a projeção. Essa situação não causa problemas com a amamentação;

2.º A pessoa pode puxar o mamilo para fora (não tão facilmente) e tende a se retrair e nesses casos pode ser difícil de amamentar;

3.º A pessoa pode não conseguir retirar o mamilo do estado invertido e ao pressionar para fora, ele retraia. Nesses casos a amamentação pode ser muito difícil ou até mesmo impossível.

Como corrigir os mamilos invertidos?
A cirurgia é um dos métodos de tratamento. Nesse procedimento é feita uma incisão no mamilo e na aréola, para que se possa retirar as aderências teciduais que mantêm o mamilo invertido e assim liberá-lo para ser normalmente projetado. Geralmente é aplicada a anestesia local com sedação, mas isso dependerá da decisão do médico. Todo o procedimento dura em torno de 30 minutos. Mas lembre-se que você deve conversar com o seu médico antes, pois só ele definirá o melhor tratamento.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato para que eu esclareça todas elas.

Deixe seu comentário